1.2.06

Fok Piaçabuçu



Andar de bate-bate foi legal, mas esse carrinho amarelo não andava nada, tive que trocar por um verde no meio da destruição total, mas aí eu fiquei impossível e foi só fok_ió_ass.






Mas o mais divertido mesmo da viagem foi ir para uma ilha no meio do rio São Francisco às exatas 2:06 da madruga, não dando para ver um barco a nossa frente, salvo o espelho d'água que se formava mostrando o caminho. Pena que o barqueiro se encontrava mais alcolizado do que nós e acabou achando um caminho no meio das plantas de raízes fortes que tomavam conta de alguns trechos do caminho cristalino. Isso mesmo, encalhamos no Velho Chico na madruga com um bêbado chato gritando no pé do nosso ouvido.


Abaixo, já estamos voltando da ilha, depois de um super-aventura a cavalo eu consegui as seguintes proezas:
- cair do bicho em pé e ainda sair dizendo: "capoeira não cai, capoeira escorrega."
- meter a cabeça num árvore e guardar arronhões no céu da cuca para mostrar àqueles que duvidarem.
-sair correndo de um danado de um eqüino demarcador de território que avançou na burrinha que o Canário guiava numa carroça.
- arrancar uma manga verde em plena carroça em velocidade e melar o rosto com o leite da manga.


A viagem não foi das melhores, mas como diz o ditado Antropofágico Alagoano: "O que faz não é o local e sim as companhias".

3 De lírio(s):

Anonymous erika ...

que bom....queria fazer uma viagem dessas.....

01 fevereiro, 2006 19:30  
Anonymous Anônimo ...

há ainda:
o fabuloso paraniod e sua filosofia de meias furadas.
o furioso adelmo e a burrinha valente, que no começo tava com preguiça mas depois ligou o nitro.
NEED FOR SPEED DA BURRINHA!!!
o noid querendo virar a carroça no coqueiro e eu voando dela neste instante.
a proexa do canário ao jogar a âncora no mato e ajudar a puxar o barco. ( há há há)
a outra proeza do canário: dormir de mãos dadas com o noid, para acalmar o pavor do escuro.

e o céu cumpadi, o céu na madruga...

02 fevereiro, 2006 00:14  
Anonymous Michele ...

quem sabe melhora das próximas vezes.
Espero que sim.
Bj

07 fevereiro, 2006 18:27  

Postar um comentário (Comentar)

<< Início