14.12.05

Lua Cheia Triste

Amanhã é mais um dia de branco. Pois que me movo até a varanda com um cigarro apagado na mão esquerda junto a uma pequena caixa de fósforos e acendo o nicotinoso. Penso nas coisas do dia, penso nela e em outras coisas mais, vou colocando a memória em ordem enquanto relaxo para cair em mais uma noite curta de sono, olho para o céu e fico feliz ao ver que é noite de lua cheia e eu nem ainda havia percebido, penso mais uma vez nela e percebo que a lua está triste. Não, não sou eu que estou para baixo e imagino isto, é a lua, definitivamente, com dois olhos, uma boca curvada ao canto inferior e um resto de sombra, parecendo os pêlos que se localizam abaixo dos lábios dos seres humanos masculinos. Definitivamente, eu repito, a lua cheia está triste e eu nem sei o motivo. Se dúvida, olha para o céu e confirme. É verdade.

0 De lírio(s):

Postar um comentário (Comentar)

<< Início