30.8.05




Batuques e Cantos leva ao palco 8 integrantes do Caçuá que durante 1 hora e 10 minutos mostram a rica variedade de amarrações e pisadas coletadas com os Mestres da cultura popular do estado de Alagoas e de Pernambuco.Músicas de/ou coletadas com Sinhá Baunga, Mestre Alexandre, Dona Liu, de Piaçabuçu; Mestra Ilda do Coco e Mestre Verdilinho, de Maceió; da pára-Mestra Jôse, além de pesquisadores como Naldinho, e de composições do próprio Grupo, estão presentes no espetáculo.Todas as pesquisas, embora com suas divergências, deixam claro que a origem deste ritmo vem dos negros africanos, muito embora, existem grandes possibilidades de o mesmo ter sido criado no Brasil, com base nos ritmos da África. A presença de elementos negros no palco pode ser observada em canções (como a Lenda da Liberdade, de Del Irerê), no figurino e em trechos de poemas que abordam traços da cultura e da história desta família étnico-racial.

0 De lírio(s):

Postar um comentário (Comentar)

<< Início