4.3.05

A Virgem de Hortelã

Cida olhou perplexa para o espelho e reparou que sua inocência fora roubada pura e simplesmente pelo seu dedo indicador. O que a paixão do ser ou não ser faz em nós, seres inertes, seres pensantes... homo economicus. Bem, sei que ela, satisfeita pelo seu primeiro ato de rebeldia contra e a favor de seu corpo, sedento de fogo, queimou gostoso ao sentir seu primeiro toque, seu próprio toque... e assim se vai levando a vida, sambando e cantando e gozando do explendor do que outrora também se chamava vida.

Cida, novamente olhando o espelho, viu o ser satisfeito pelo pecado do prazer maior, pela dinastia do exemplo tocado, "palavra forte" - pensara ela. Quantas horas de sonos perdidas para raciocinar se deveria ou não começar o que seu indicador já chamava de continuado. E em meio a sussuros envergonhados e grunhidos verdadeiros, melou-se em mais um novo ato sórdido do ser ingênuo. Como se a sobrevida passasse rente aos pensamentos promíscuos da paixão inconsciente.

Mais uma vez olhando ao espelho, bradou: "agora posso dormir em paz comigo mesma". Pois já que agora pecara contra seu maior receio, desejar não ser mais virgem.

10 De lírio(s):

Anonymous Carol ...

Isso também não tem a sua cara...ou melhor, não tem a cara do "Poeta do meu eu excepcional". Se é que me entendes ;)

04 março, 2005 13:17  
Blogger mabem ...

será que não tem a cara do "Poeta do meu EU excepcional" que vc criou...

Pois não vi nada demais no que escrevi... não chega nem a ser sensual... e olha que às vezes eu escrevo pornograficamente...

Bem... não tenho rótulos...

Apenas saiu... não pensei antes de fazer... e para ser sincero... até que ficou legalzinho... na minha opinião.

04 março, 2005 14:51  
Blogger 5 ...

acho que farei a mesma coisa, com a diferença do número de dedos...

04 março, 2005 16:39  
Blogger mabem ...

hahahaha

04 março, 2005 16:43  
Anonymous Anônimo ...

PLEASE USE ENGLISH! How in the world is anyone going to understand you. BUSH HAS OUTLAWED ALL OTHER LANGUAGES

04 março, 2005 16:57  
Blogger mabem ...

acho q tu eh gay no eh?!

como diria o Tom Zé

DesemBUSH!

vc eh gay!!!!

ou melhor VIADO... em portugués do BRasil... sem Z

04 março, 2005 17:11  
Anonymous Carol ...

Quando disse que não tem a cara do "poeta do meu eu excepcional" comparei com os escritos anteriores.
E tb não disse que ficou ruim. Ficou bom, como sempre, mas é uma abordagem nova.

04 março, 2005 19:39  
Blogger 5 ...

hmmmm

isso foi engraçado!

04 março, 2005 23:25  
Blogger 5 ...

a-ha, aprendi MALANDRO!

04 março, 2005 23:27  
Blogger mabem ...

hahahaha.... agora q eu entendi o q foi q vc aprendeu... tava olhando os comments de forma diferente... soh aqui no popup q eu saquei...

e carol... vc como leitora assidua e antiga daqui... deveria saber q vira e mexe escrevo coisas do genero

;)

05 março, 2005 02:38  

Postar um comentário (Comentar)

<< Início