29.12.04

"O cadáver jazia de costas, no meio do aposento, de braços e pernas abertos. Vestia um roupão rosado por sobre a roupa de dormir e calçava chinelas. O médico ajoelhou-se ao seu lado e dispôs-se a examiná-lo à luz da lanterna portátil que apanhara de cima da mesa. Apenas um lanço d'olhos à vítima foi suficiente para certificá-lo que sua presença já não era necessária. O homem tinha sido morto de maneira horrível. Atravessada sobre o peito, via-se uma arma curiosa: uma espingarda de dois canos, os quais haviam sido cerrados a um pé do gatilho duplo. Era evidente que tinha sido descarregada à queima-roupa e que a vítima recebera toda a carga no rosto, causando-lhe completo esfacelamento da cabeça. Os gatilhos haviam sido amarrados com arame, a fim de que a descarga simultânea fosse mais destruidora."

Sherlock Holmes - O Vale do Terror
por Sir Arthur Conan Doyle

Tradução de Álvaro Pinto de Aguiar
Editora Ediouro

Título Original: The Valley of Fear

0 De lírio(s):

Postar um comentário (Comentar)

<< Início