11.2.04

Detalhes

Eu só queria um prato. Sim, um prato, daqueles de louça com detalhes azul. Qual o problema em se ter um prato de louça com detalhes azul. Problema nenhum para um menino de 8 anos. Da infância chegam lembranças das gigantescas cristaleiras das irmãs, tias e amigas da mamãe. Mulheres consumistas com seus infinitos conjuntos de louças. Muitas com detalhes cor-do-céu. E eu, ínfimo aos requintes das madames das cristaleiras das infinitas louças. Eu só queria um. Um, não mais que isso, não dois nem três, mas somente e apenas um. E ao sonhar, indigestivamente capto o brilho longíquo das cristaleiras... Só um, tenha piedade!...

0 De lírio(s):

Postar um comentário (Comentar)

<< Início