27.2.04

"O Carnaval dos Espíritos"... Meu pai sempre disse preu fazer uma música sobre algo espiritual, ele sempre gostou desse tema... Pois é, meu carnaval foi bem relax apesar de eu não gostar muito de usar certas palavras (gringas).

"Flor do Engenho" foi finalmente a letra que fiz falando sobre amor e espiritismo. Um dia eu lhes apresento.

22.2.04

Encaminhando...

> >FRASES PUBLICADAS EM ALGUNS JORNAIS, NOS ÚLTIMOS MESES, NO RIO DE JANEIRO
> >
> > 1. "A nova terapia traz esperanças a todos os que morrem de câncer a cada ano."
> > (Na cova?) - Jornal do Brasil
> >
> > 2. "Apesar da meteorologia estar em greve, o tempo esfriou ontem intensamente."
> > (O frio não estava filiado ao sindicato grevista) - O GLOBO
> >
> > 3. "Os sete artistas compõem um trio de talento."
> > (Hã?) - EXTRA
> >
> > 4. "A vítima foi estrangulada a golpes de facão."
> > (uma nova modalidade de estrangulamento) - O DIA
> >
> > 5. "Os nossos leitores nos desculparão por esse erro indesculpável."
> > (De modo algum!) - O GLOBO
> >
> > 6. "No corredor do hospital psiquiátrico os doentes corriam como loucos."
> > (naturalmente....) - O DIA
> >
> > 7. "Ela contraiu a doença na época que ainda estava viva."
> > (Jura?) -JORNAL DO BRASIL
> >
> > 8. "Parece que ela foi morta pelo seu assassino."
> > (Não diga!) - EXTRA
> >
> > 9. "Ferido no joelho, ele perdeu a cabeça."
> > (Espera, onde foi o machucado mesmo?) - O DIA
> >
> >10. "O acidente foi no triste e célebre Retângulo das Bermudas."
> > (Gente, mas até ontem era um triângulo!) - EXTRA
> >
> >11. "O tribunal, após breve deliberação, foi condenado a um mês de prisão."
> > (E será que ele tem cela especial?) - O DIA.
> >
> >12. "O velho reformado, antes de apertar o pescoço da mulher até a morte, se suicidou."
> > (Seria a volta dos mortos- vivos?) - O DIA
> >
> >13. "A polícia e a justiça são as duas mãos de um mesmo braço."
> > (Que aberração!) - EXTRA
> >
> >14. "Depois de algum tempo, a água corrente foi instalada no cemitério, para a satisfação dos habitantes."
> > (Água no além para purificar as almas...) - JORNAL DO BRASIL
> >
> >15. "Há muitos redatores que, para quem veio do nada, são muito fiéis às suas origens."
> > (Do pó ao pó...) - O GLOBO
> >
> >16. "O aumento do desemprego foi de 0% em novembro."
> > (Onde vamos parar desse jeito?)
> >
> >17. "O presidente de honra é um jovem septuagenário de 81 anos."
> > (Quanta confusão!)
> >
> >18. "Quatro hectares de trigo foram queimados. A princípio, trata-se de um incêndio."
> > (Ah, bom achei que fosse uma churrascada!)
> >
> >19. "Na chegada da polícia, o cadáver se encontrava rigorosamente imóvel."
> > (Viu como ele é disciplinado?)
> >
> >20. "O cadáver foi encontrado morto dentro do carro."
> > (Sem Comentários)
> >
> >21. "Prefeito de interior vai dormir bem, e acorda morto."
> > (acorda?)

19.2.04

como eu odeio esse lugar. fede.

18.2.04

Está sendo lançado a 59ª Maravilha do Mundo...

Imaginem só um Sistema Operacional todinho em 3D...

Projeto Looking Glass

clica aí e baixa o filminho de demostração, lembre-se de limpar a baba antes de botar o queixo no lugar... he he...

ah, pro aventureiros, tem que ter o QuickTime para visualizar, clica no link abaixo e consegue o seu...

QuickTime Player

Só pra vocês sentirem o clima:

A Sun Microsystems está realizando experimentos com uma interface operacional em 3D que pode revolucionar a maneira como os usuários visualizam seu espaço de trabalho

Demonstrado pela primeira vez na LinuxWorld, em janeiro deste ano, o “Projeto Looking Glass” é um projeto de código aberto e conta com estrutura tridimensional baseada em tecnologia Java.

Prem Domingo, gerente regional de tecnologia da Sun Microsystems do Canadá, afirmou que o Projeto Looking Glass permitirá que usuários interajam com as aplicações em uma área que é mais do que um espaço real.
>>>

se quiser saber mais, procura no Google:
Looking Glass Sun
quem não sabe inglês, pode pedir pra pesquisar em páginas em português.

17.2.04

O Novo Poder

....
Vindo de Zumbi
Um herói nacional verdadeiramente alagoanl
Aprendi a Capoeira
Vi na missão, na cabeça
A obrigação de mostrar a verdade
Que os negros sofreram, lutaram, morreram
São verdadeiros Jesus Cristos Brasileiros
Que ainda hoje são descriminados
Por uma cultura racista
Que me fez perder de vista
A hipocrisia vinda da mídia, políticos e empresários
Nasce então o novo poder
A nova criança que salvará nossa nação
E vim como por diversão dizer
Que o que é pra mim
Também é pra você
E que a justiça um dia chegará
Seja ele por Deus, Jah ou Alá
Enquanto isso
Eu espero o Poder Nascer

pedaço de uma de minhas letras na Cogumelos

16.2.04

Objetivos, sem data prevista

1 - Arrumar um emprego qualquer de merda alguma (bah, eu disse pra mamãe que não quero ser mais uma engrenagem...).
2 - Procurar um local apropriado que promova testes vocacionais gratuitamente.
3 - Encontrar um buraco qualquer pra morar sozinho. (lá pelo centro da cidade, na parte mais antiga da mesma com alto level de concreto por metro quadrado).
4 - Preparar-se para um tal vestibular, provendo ingresso para faculdade de alguma coisa que não conheço o quê seja exatamente. Bom, resposta será adquirida depois de cumprida o item 2.
5 - REgistrar os fondees musicais em arquivos de extensão mp3.
6 - Depois de importar as eficazes sementes da felicidade, cultivar uma generosa hortaliça utilizando de um laborioso sistema de auto-gestão de estufa.
7 - Entender que tenho que ser mais uma engrenagem de merda da grande máquina social de merda. Mas que merda.
8 - Sacrificar-me. Eis o grande ato da sociedade do sacrifício. Da necessidade do ser-útil.
9 - Lembrar de dispensar e não concretizar a maioria dos itens acima, eu posso ser um perdedor, tranquilamente.

13.2.04

thirteen.avi (legalzinho) versão feminina de kids
tomb_raider_2_cd1.avi em 100%
tomb_raider_2_cd2.avi em 100%
irreversível.avi em 100%
lotr_two_towers_cd2.avi em 100%
lotr_two_towers_cd2.avi em 79%
lord_of_the_ring_returne_of_the_king em 6%

legal, hoje é sexta feira 13...

merda de vazio, oco, lá em cima no coco, apenas cabelos

Ah, a tecnologia


Este é uma empresa séria.

https://www.buydutchseeds.com/default.php

Divirtam-se com todas as espécimes de Nelson.

Legal.

Eu sabia que todos os agrados e afagos para a dona Ruth não seriam em vão.

:)

>From: "Tup"
>To: "synclow"
>Subject: URGENTE
>Date: Thu, 12 Feb 2004 17:36:45 -0300
>
>Ae,
>
>a Ruth do teu trabalho ligou pra cá pq tem um trampo pra tu lá em Niteroi na Provider. Liga pra casa dela hj a noite, ou pro trabalho se ainda der tempo. Ou então amanhã de manhã bem cedo.
>

11.2.04

Detalhes

Eu só queria um prato. Sim, um prato, daqueles de louça com detalhes azul. Qual o problema em se ter um prato de louça com detalhes azul. Problema nenhum para um menino de 8 anos. Da infância chegam lembranças das gigantescas cristaleiras das irmãs, tias e amigas da mamãe. Mulheres consumistas com seus infinitos conjuntos de louças. Muitas com detalhes cor-do-céu. E eu, ínfimo aos requintes das madames das cristaleiras das infinitas louças. Eu só queria um. Um, não mais que isso, não dois nem três, mas somente e apenas um. E ao sonhar, indigestivamente capto o brilho longíquo das cristaleiras... Só um, tenha piedade!...

10.2.04

Definitivamente ela não quer aceitar o que já é verdade, seu corpo e sua mente já não formam um par e pelo jeito, nunca foram perfeitos. O semblante imbecil que presenciei só conseguiu aflorar o que há de mais ruim em meus sentimentos terrenos. O jeito falso de sorrir, fingindo que o mundo é redondo por todos os lados que se olhar. Porra! Pq. não se ajoelha e pede ajuda, ao invés de montar um castelo de farsa, um castelo que nem paredes sólidas tem? Para quê querer ser algo que não se é verdadeiro? Melhor fugir do que encarar o rosto do inimigo com ar de desespero.

O resumo do flúor


.


Fim

Sono. Torcicolo.

Em resumo, nada que um gelol-placebo não cure...

"Iconiscente"

Perecível, ou seria perene? Oh, intrépido carrasco, liberta-me de meus anseios, desejo o vôo como o nada. Liberdade, mentirosa, flatulenta, grande Espetáculo. Carne, luxo, carne, sangue e adubo. Desgraça, Chuck Norris na Tevê. Ó pecado fatal, fractal, e tal. Baboseiras-pré-(es)colar-de-pálpebras.

9.2.04

Quando eu conheci o Pirralho, estudávamos num cursinho pré-vestibular junto com o Gordo, o Saulo e o Tup, foi logo no início da Dona Maria, aliás, muitas idéias e letras da Dona Maria vieram dali (pelo menos de minha parte). Na época eu já tocava em outra banda de nome Cogumelos (“até a alma, na moral”) e estávamos a duas semanas de tocarmos, mais ou menos.

Até então nunca tinha trocado idéia com o cara, mas nem sei pq. motivo, sentamos num banco e começamos a falar de Rage Against The Machine (banda influência para nós dois), falei pra ele de uma tradução que eu tinha feito, já que me nego (ou pelo menos tento) a cantar músicas na língua dos filhos das putas. Idéia ia, idéia vinha e ele acabou falando da Tallow Soul e dos seus projetos musicais futuros, falou de rap e que se amarra em querer fazer um som e acabei convidando ele pra fazer um som com a gente, sei lá, algo do tipo: “aí, a gente tá pra tocar esses dias, tá afim de tirar esse cover do Rage que eu tinha traduzido” – a música era Bomb Track.

Acho que um ou dois dias depois, apareci com o cara no estúdio e não tinha dito a ninguém da banda sobre o meu convite. Ao fim do ensaio, joguei o microfone na mão dele e disse: “ó aí, se garanta aí”. Os caras sem entender nada já estavam na introdução da música, o Binho (baterista) olhou pra mim com cara de “ôxe, qual é?”, assim como o resto da banda. Ao fim, todo mundo tremeu, o cara era bom, o André Meira, que já tinha uma banda de cover do Rage, já se prontificou a chamar o cara pra fazer um som com sua outra banda e o resto da galera já se chegou e já foi trocando idéia, acho que os caras no mesmo dia ainda tiraram Bulls On Parede e outra lá que não lembro agora.

Desde então, estamos juntos, ele já foi meu comparsa na Cogumelos, juntos, fundados a “Paranóia Fatal Sociedade Alternativa” que tem letra e tudo exemplificando a idéia. Hoje a Cogo (como eu costumava chamar a Cogumelos) só existe na cabeça e no sangue de quem um dia foi um “Cogo Jones”, mas continuamos sempre fazendo um som junto, mesmo que um pouco menos que antes.

Lembro das noites de sábado no posto 7. Aquele cara que chegou com uma fitinha demo aqui, de um som que parecia muito igual ao normal, mostrou sua cara no mesmo posto 7. Junto estavam DJ Sulista (que seria DJ da Tallow Soul), Dudui, André Meira, Tup (meio que produtor das batidas e levadas) e o Óbvio.

Como o próprio mesmo já disse: “Vitor Pirralho, subindo ao palco...”

7.2.04

Dúvidas de um mundo-sub rotineiro

Viva! Vivas ao acesso discado, que te amarra até seis horas da matina, e te surpreende com uma digestiva dor de cabeça ao acordar meio-dia para o almoço.

O que fazer?

Atrasar o almoço para as quinze horas.

ai, nem mesmo o chão foi o suficiente, ui, imagina só.

Bom, faz mais de um mês que estou sem acesso ininterrupto, então algumas coisas podem ter mudado. Primeiro, todo esse tempo de blog, todas as manhas, macetes e tecnologias para se ter um free-malandro-access-for-warez eu passei em muitos posts. Cuidado, não perca-se.

O quê eu andava usando era seguinte.

Soulseek: para mp3z, discos raros e etc.
emule (procure no google): para softwarez, gamez e outra porcarias.

para filmes eu usava a dobradinha imesh (programa peer-to-peer) e o site http://www.imdb.com , tinha um outro que não me lembro. procure nos archives, que por lá tem dizendo exatamente como eu baixava os filmes.

Porém, acho que depois desses dias afastado (e ainda afastado, usando discado) deve ter surgido alguma coisa nova. Procure, pesquise, aprenda a ser um rato, quem sabe um dia chegarás na efnet, chegar na efnet não é problema, o ruim é se enturmar e manter os couriers, e aguentar os ship-lead. E olha que efnet é utopia pra um monte de pirateiro barato que copia cd no quintal pra vender.

Boa sorte

de seu comparsa

5

6.2.04

Grandíssimo Gordinho,

Escrevi um puta texto agora pouco, falando sobre o que acontece aqui, sobre o Pirralho e minhas morgações, mas como tou escrevendo do Linux, os comandos são diferentes e acabei fechando o browser antes de salvar alguma coisa, por isso, vou direto ao ponto...

Pelo amor de Jah, diga-me por e-mail, o que faço para conseguir filminhos e mp3s legais para eu encontrar meu EU dentro das quatro paredes do meu quarto, tipo... descreva-me softs, ftps, senhas e/ou urls, para eu desfrutas as longas horas de meus fins de semana, masturbando minha mente nesse ficção real que é a internet.

E por favor, não me venha com algo como, "sei lá como faz isso" ou "onde eu vou encontrar".

Grato e Muito Obrigado...

De Seu Comparça...

Tatu Poeta.

Camaradas! Mexam seus traseiros gordos!

http://www.dhnet.org.br/desejos/revoluc/marigue.htm#e

Não sei o que dizer sobre o link acima. Mas que é interessante, é (ao menos agora, 2:40 da manhã). Bom, divaguem por sí sós. Abstenho-me.

Passatempo

http://www.ratemyboobies.com/ratemy/boobies?image=0x156169417


É. Pakalolo de bem com a vida. Quanta fofura há no mundo!

5.2.04

Link pra posteridade

http://www.sexonavan.com.br

Impróprio para menores de 18 anos. Pornografia, sim. Mas o que vale não são as imagens. Clique no vídeo, feche os olhos e escute os diálogos. São verdadeiras obras prima, pra não dizer hilário.

Quadrilátero

- Você anda tão incoerente ultimamente.
- É? Antes me chamava de demente...
- Sim, sim. Era quando te amava.

Estou com espírito aventureiro hoje. Pronto. Desliguei o "AntiPop-up".



ahhhhhhhhhhhhhhh ha, lá vou eu denovo, apitos, apitos, Atenção Sr. Usuário, trinta e três percento de bateria restante. Salve seu documentos. Aiiiii, lá vou eu, lá vou eu...

Cachorros mansos, mordem apenas gansos

Ventilador girando, girando, desconcertando o ar imóvel. O galo cantou, cantou, morreu, de bronquite. Rotina que desabou, mas não desmanchou. Manchou, isso sim, bela mancha de monólogo. Ah, com era bom. Se foi. Parecem décadas de sobriez. Longos vestidos, derramando no espaço... seu brilho. Convenhamos, não é de seu feitio. Tome jeito meu rapaz! Quanto amargor, veja que belas plumas. Sopro de cor. Ponto. Paragrafo. Ooops, paraninfo? Que nada, sabotagem, toc toc. Cof, cof. Será bronquite? Contraí? Logo agora, o que faço com este sorvete?

Façam bom proveito. Adequado, talvez, depende apenas do ponto de vista.


Duas histórias sutis

- Beleza, a sua cozinha.
- Obrigado, eu...
- É você quem cozinha sempre ou...
- Não, não. Tem uma senhora que vem arrumar o apartamento sempre e deixa um prato feito na geladeira. Sou cozinheiro de fim de semana. Marinheiro de... Como é mesmo que se diz?
- O quê?
- Doce
- Eu?
- Água doce. Marinheiro de água doce. Você quer esperar na sala, enquanto eu...
- Fico aqui com você. A menos que...
- Não, pode ficar. Quem sabe a gente já abre o vinho e fica bebericando, enquanto eu...
- Adoro bebericar. Uma beleza, o seu abridor.
- Obrigado. Este vinho precisa respirar um pouco antes de ser servido. Pode paracer bobagem mas...
- Não, não. Respirar é das coisas mais importantes que existem.
- Ele precisa estar na temperatura ambiente.
- Adoro a temperatura ambiente.
- Você está disposta a experimentar o meu bobó?
- O seu...
- Bobó de camarão. Minha especialidade.
- Ah, claro. Não foi para isso que você me convidou? Adoro bobó.
- Você já comeu alguma vez?
- Nunca. Mas adoro.
- Olha o vinho.
- Mmmmm.
- Hein?
- Eu disse "Mmmmm"... Epa!
- Desculpe. Estou um pouco nervoso. Sabe como é, a responsabilidade. Você pode não gostar do meu...
- Bobo.
- Bobó.
- Bobo é você. Vou adorar o seu bobó.
- Será que o vinho vai manchar o seu vestido?
- Não. Em todo o caso...
- Quem sabe um pano com água quente? É só esquentar a água e...
- Adoro tudo que é quente. Uma beleza a sua chaleira.
- Enquanto isso, vou preparando os ingredientes. Deixa ver. Pimentinha...
- Sim?
- Não, eu disse "pimentinha".
- Não me diz que leva pimenta!
- Leva. Você não gosta?
- Adoro!
- É da braba.
- Ui! Você, hein? Com esse jeito tímido... Só de ouvir falar em pimenta, fiquei toda arrepiada. Passa a mão aqui...
- É mesmo. Que estranho. Só de ouvir falar em pimenta...
- Mal posso esperar o seu bobó.
- Calma, calma.
- Demora muito?
- Se você me der uma mão... Na geladeira na parte de baixo, estão os camarões... Você vai ter que se abaixar um pouco e...
- Beleza a sua geladeira. Foi você que assobiou?
- Não, foi a minha chaleira. Mas...
- Sim?
- Eu concordo com ela.
- Mmmmm...

ps: conto do ilustre filho do Sr Érico Veríssimo, Luís Fernando Veríssimo.

4.2.04

Na caixa de entrada...

>DIÁRIO DE UM INTERNAUTA PSICÓTICO

>(Ou: Levantamento dos E-mails Recebidos em 2003)
>
>Estive fazendo um levantamento de todas as baboseiras
>que me enviaram pela internet em 2003 e observei como
>elas mudaram a minha vida:
>
>Primeiro, deixei de ir a bares e boates com medo de me
>envolver com alguém ligado a alguma quadrilha de ladrões
>de órgãos e que me roubassem as córneas, por exemplo.
>
>Também não bebo mais nada em boates, com medo de alguém
>colocar na minha bebida uma droga que me fizesse
>esquecer tudo o que fiz nas últimas 24horas.
>
>Assim, deixei também de ir ao cinema com medo de sentar-
>me em uma poltrona com seringa infectada com o vírus da
>AIDS.
>
>Depois, parei de atender ao telefone para evitar que me
>pedissem para digitar *9 e minha linha ser clonada e eu
>ter de pagar uma conta telefônica astronômica.
>
>Acabei dando o meu celular porque iriam me presentear
>com um modelo mais novo da Ericson que nunca chegou.
>Então, tive de comprar outro, mas abandonei-o em um
>canto com medo que as microondas me dessem câncer no
>cérebro e infarto do miocárdio.
>
>Parei de comer hambúrgueres de redes fast-food porque
>eles são feitos de carne de monstros horríveis sem
>olhos, cabeludos e cultivados em laboratórios.
>
>Aproveitei e abandonei o hábito de tomar qualquer coisa
>em lata para não morrer pela urina de rato.
>
>Deixei de ir aos shoppings com medo de que me
>seqüestrassem e me obrigassem a gastar todos os limites
>do cartão de crédito ou colocassem alguém morto no porta-
>malas do meu automóvel.
>
>Eu também doei todas minhas poupanças à conta de Brian,
>um menino doente que estava a ponto de morrer umas 900
>vezes no hospital.
>
>Eu participei arduamente em uma campanha contra a
>tortura de alguns ursos asiáticos que tinham a vesícula
>biliar extraída, e contra o desmatamento da floresta
>amazônica.
>
>Fiquei praticamente arruinado financeiramente por
>comprar todos os antivírus existentes para evitar que a
>maldita rã da Budweiser invadisse o meu micro ou que os
>teletubbies se apoderassem do meu protetor de tela.
>
>Deixei de fazer, tomar e comer tantas coisas que quase
>morro desnutrido.
>
>Cansei de esperar junto a minha caixa de correio os US$
>150.000 que a Microsoft e a AOL me mandariam na
>participação de rastreio de e-mails enviados.
>
>Nem tampouco chegou o telefone Ericson, muito menos a
>passagem para a Disneylândia.
>
>Quis fazer o meu testamento e entregá-lo ao meu advogado
>para doar os meus bens para a instituição beneficente
>que recebe um centavo de dólar por cada pessoa que anota
>seu nome na corrente pela luta da independência das
>mulheres no Paquistão, mas não pude entregar porque tive
>medo de passar a língua sobre a cola na borda do
>envelope e me contaminar com antrax, ou baratas
>incubadas nela, segundo haviam me informado por e-mail.
>
>Também não ganhei um milhão de dólares, um Porsche e nem
>ganhei um ilha no Caribe, que foram as três coisas que
>pedi como desejo quando recebi e encaminhei o Tantra
>Mágico enviado pelo Dalai Lama, lá do Tibet...
>
>E como se não bastasse, acabei acreditando que tudo de
>ruim e de injusto que me aconteceu foi porque quebrei
>todas as correntes ridículas que me enviaram e acabei
>sendo amaldiçoado.
>
>RESULTADO:
>Estou em tratamento psiquiátrico (precisando urgente de
>um tratamento neurológico efetivo).
>
>NOTA IMPORTANTE:
>Se você não enviar esta mensagem a pelo menos 10
>pessoas, nada irá te acontecer. No entanto, as mentiras
>e baboseiras continuarão infernizando a sua vida em 2004
>por falta de informação e de esclarecimento.
>
>
>
>
>
>"Os grandes navegadores devem sua reputação aos
>temporais e ás tempestades." (EPICURO)

3.2.04

Preciso urgente compra um HD novo, só tem 2GB de espaço no meu, onde eu vou armazenar "Aos Treze", "Nove e Meia Semanas de Amor", "X-Men 2", "Navio Fantasma", "Senhor dos Áneis (os três filmes)" e os outros todos?

Já não sei quem sou.

Agora chove, sete é número de urubus que avisto pela janela e ainda não consigo lembrar do pesadelo desta madrugada. Acordei com frio e muito medo, e triste, não posso esquecer de dizer que hoje eu acordei triste, como um gato mimado sem sua ração na tigela vermelha.

Daqui também consigo ver mangas e o bendito degradé no céu de fim de tarde, mesmo com tanta chuva. Vejo palhas de coquiros e o telhado de uma casa superficialmente bonita, assim como eu na frente dos outros.

Já tentei me trancar entre as paredes de meu quarto. Fumei cigarros à beira da praia em noites diárias. Sinto saudade dos bons tempos do Antares, assim como jogar Golf no NeoRAGEx no Mahatmah. Sinto uma puta saudade do filé com fritas na manhãs de sábado e do Cantina da Serra nas noites.

Bons tempos não voltam mais.

Peço, publicamente, desculpas pelo meu alto nervosismo e os palavrões atirados contra sua pessoa. Admito ter entre 85% à 93% de culpa disto tudo.

Sei do meu erro, mas esperava que alguns poucos (contados a dedo) pelo menos podessem tentar me entender ou no mínimo respeitar. Mas já vi que não, tudo bem.

Podem me chamar de idiota ou do que quiserem, no fim, não tenho mais nenhuma ligação administrativa com a casa e por isso, o tráfego está totalmente (digo totalmente, pois já estava parcialmente, mesmo com minha antiga relutância) liberado. A coisa já não está mais comigo.

É mais ou menos isso!

2.2.04

Não, não, não. Não sou perfeito. Nem muito menos sou idiota, pois nem quero ser. Mas posso pelo menos continuar a tentar, não por ninguém. Ou talvez para poucos alguns. Mas realmente por mim. Acho que vou seguir o caminho de um amigo e vou deixar tudo para trás. Sei lá, vai ver a lembrança seja mais divertida do que o presente, vou fazer minha estória, levarei outros ou os mesmos poucos comigos, ou talvez, siga à carona com eles. É isso, neste estágio, não se pode mais recomeçar do zero, é teoricamente impossível, pois o conhecimento vai junto, guardado na primeira mala. Aos mesmos poucos ou outros, adeus. Ou até logo, um dia, quem sabe...

1.2.04

depois, volto, retorno, acalmo, retratos, memórias, presente, vermes, morte.

www.yomango.org

www.adbusters.org


recomend?vel.

Pre?o e valor, rico prazer discernir as diferen?as.

Há um século atrás eram as missas católicas dominicais. Veio as válvulas, consequentemente a televisão, então os programas dominicais do sbt e globo. É, evolução da desgraça humana.