28.11.03

O Otávio chamava ele de Matraca, outros de Formiga Atômica, eu o conheço como aquele maluco que andava esse de trio elétrico pequenininho animando toda rapaziada. O cara tinha realmente um sorriso legal, ele era engraçado, não tem pra onde e mais do que isso famoso.

Pois é, o maluco que pensando assim sozinho, parecia até com o Raul Seixas morreu, atropelado por uma moto em Murici, local onde reside alguns de seus familiares, pelo menos assim me contam as más e boas linguas. Já foram feitas piadas e alguns já se revoltaram com o prego do motoqueiro que parece que estava embriagado, não sei, não estou aqui pra escrever nenhuma nota de falecimento, para prestar minha homenagem pelo "Formiga Atômica" e parabenizá-lo por fazer tanto sucesso aqui na comunidade maceioense.

Aproveitando o encejo (se é assim que escreve isso), mais uma vez vai aí minha teoria de que um homem só é homem após morrer. Só depois de morto é que o cara passou na tv e fez tanta gente parar para pensar. Se ele não tivesse morrido, tudo continuaria normal, a não ser que fosse um acidente feio e se assim o fosse, quando ele voltasse ao seu estado normal, teria emprego garantido, eu acredito.

Tomara que estejas bem, onde tu estiveres, sei que parece hipocrisia assim do nada, mas eu te achava engraçado pra caralho e sempre o achei uma figura alagoana muito louca (isso é um elogio). Estejas bem.

0 De lírio(s):

Postar um comentário (Comentar)

<< Início