16.4.03

mansão dos deuses

hoje à noite
vamos jantar fora
pedir o melhor vinho da adega
e deliciarmos com músicas de som ambiente tocadas ao vivo
vamos rir e conversar uma noite inteira
para quando chegar segunda-feira
agüentar todo o peso do começo da rotina
e nessa mesma noite
quero te pegar em meus braços e te pedir em casamento
a aliança mais linda que mandei talhar com pedras raras da índia
com ouro transpirado de meu coração
recitarei mais uma poesia
fotografarei a lua como fazia em minhas noites de solidão
banharemos-nos com sais minerais e pétalas de alfazema
deitar-te-ei em nossa cama
com carícias em tua pele
e confessarei tudo com sussurros ao ouvido
e nesta noite, e só esta noite
o mundo e o tempo derramarão lágrimas de felicidade

0 De lírio(s):

Postar um comentário (Comentar)

<< Início